RESENHA: A ROSA DO INVERNO - PATRICIA CABOT


 

SINOPSE

ISBN: 978-85-7665-365-3
Nº Páginas: 416
Formato: 16x23 cm
Gênero: Romance histórico
Editora: Essência

Primeiro capítulo: clique aqui 
Acostumado a conseguir qualquer mulher, Lord Edward Rawlings enlouquece com a sensualidade de Pegeen, que estava longe de ser a tia solteirona que ele havia imaginado.
Mas Pegeen não está disposta a fazer mais concessões além de mudar-se, pelo bem de seu sobrinho, para a mansão dos Rawlings na Inglaterra.

No entanto, ao chegar lá, ela logo percebe o risco que corre. Sempre movida pela razão, Pegeen sente que dessa vez seu coração está tomando as rédeas. Ela pode resistir ao dinheiro e ao status, mas conseguirá resistir a Edward?


RESENHA
Vamos as apresentações, meu nome é Patricia (@paros28), essa é minha primeira resenha para o blog Fotos e Livros, faço resenha para o Blog da Guardiã, quem o conhece sabe que é direcionado ao sobrenatural,  e também resenhas para o outro blog da Ci direcionado a Irmandade da Adaga Negra, porém no Fotos e Livros irei fazer resenhas de romances e de preferência históricos , sou fã incondicional da Jane Austen, meu gênero é mais históricos na época regencial (lordes, cavalheiros, duques...),  que vão de romance de livraria até de banca, então minha resenhas serão basicamente desses romances.
Gostaria de agradecer imensamente a Ci pela oportunidade de resenhar no blog uma área literária que eu adoro e que agora posso apresentar para vocês, minha primeira resenha será do romance histórico A Rosa do Inverno da autora Patricia Cabot, a Patricia é muito conhecida por Meg Cabot, pois é...  Com o nome de Patricia ela escreve romances históricos adultos, ou seja, romances com descrição de cenas sensuais, popularmente conhecido como HOTS.

E
u gosto de romances sobrenaturais, mas só escrever uma resenha que homens não bebem sangue e sim melhores vinhos, conhaques e wiskies, em vez de ter excesso de pelos e andar com a roupa esfarrapada depois de uma transformação, mas com terno impecáveis e caminhar com pernas em vez de patas, nossa é muito bom kkkkkkkkkkkkkkkk ok vamos ao livro....
 
A
protagonista do livro é Pegeen MacDougal, tem 20 anos, e vive precariamente com o sobrinho Jeremy, fruto do casamento de sua irmã Katherine e de Jonh Rawling, eles morreram (um deles morreu) e acabaram deixando ela cuidando da criança, mas Jeremy é herdeiro de um ducado, e por isso seu tio Edward Rawlings, depois de um tempo descobre o paradeiro da criança e vai buscá-lo para assumir a herança.

  Inicialmente Edward Rawling quando informaram que o sobrinho estava nos cuidados de uma tia, ele logo imaginou uma solteirona de mais idade, mas quando conhece a tia da criança, se depara com uma jovem linda, de personalidade forte, e ele sendo um devasso já que tem várias amantes, ele se sente atraído por ela, mas ela também sente algo, já que Edward é um homem bonito e charmoso.


Só isso ??? Que nada apesar de toda atração, eles demonstram uma certa repulsa um do outro, o que leva a diálogos (brigas) provocadores, sensuais e muito engraçados.
Eles já se conhecerem em meio a uma confusão, foi no momento que Pegeen tava sendo pedida em casamento pelo vigário da paróquia local, cenas com muitas situações e diálogos engraçados.
Depois dele convencer Pegeen a morar com Jeremy no ducado, agora imaginem Edward e Pegeen morando na mesma casa ??? Edward até que tenta ser um cavalheiro e não tentar algo com Peggen, mas a atração é mais forte e iniciam um romance com brigas (tapas na cara obvio que é do coitado) provocações sensuais, cenas quentes...

Logo em seguida, Pegeen conhece a amante atual de Edward, Lady Arabella Ashbury (mulher casada), que sentindo Edward já não tão disponível assim para ela, vai tentar de tudo para desmoralizar Pegeen até mesmo descobrir um segredo que Pegeen esconde de todos. Tem um segredo, querem saber qual é ??? Mas não vou contar...
A cena do primeiro jantar de Pegeen com Arabella é muito boa, até porque tem o bom amigo de Edward, Alistair Cartwright que incentiva através de um humor sarcástico o diálogo de Pegeen e Arabella fazendo elas trocarem cada vez mais farpas uma com a outra.
  

O livro é apaixonante, li umas 3 vezes, os diálogos são bem escritos e uma trama envolvente, e você não consegue largar o livro até a última página, outra lado interessante é que o livro é narrado pelos dois personagens principais, ou seja, você tem a visão de Pegeen e Edward. Quando li esse livro não tinha lido nada de Meg Cabot, depois de ter lido a série A Mediadora, eu reconheci elementos que acho que são marcas registradas de qualquer livro de Meg ou Patricia, são narrativas que romance, personagens fortes e acima de tudo uma comicidade, ela consegue levar de uma cena engraçada ao drama, tendo um equilíbrio que não se perde no enredo.
No final do livro você fica querendo mais, e tem mais, uma seqüência na qual o personagem principal é Jeremy já adulto e seu romance atribulado com Maggie Herbert (amiga de infância, ela é citada no Epílogo de A Rosa do Inverno), confesso que li em e-book, e apesar de Edward e Pegeen aparecerem pouco, mas só saber um pouco deles,  você sente realizada, kkkkk... Acho que lemos tantos livros com seqüências que muitas vezes ficamos órfãs dos personagens depois de ler um livro kkkkk. O inconveniente  que não tem previsão de lançamento no Brasil.



Para quem gosta de um bom romance histórico, leitura indicadíssima de A Rosa do Inverno de Patricia Cabot lançado pela editora Essência, um selo da editora Planeta.

CAPA ORIGINAL


Marcador de Livro


Onde Comprar:
clique aqui

12 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.