Minhas impressões: Glimmerglass JennaBlack @univdoslivros

Estou pensando…será que hoje é o dia ideal para postar a resenha de GLIMMERGLASS? Por que me pergunto isso? Todos os blogs literários… que receberam este lindo presente da Universo dos Livros… furaram a fila de leitura… eu, que deveria ter lido Insaciável para a resenha de semana que vem… passei Dana… a Fairiewalker na frente… assim como tantos outros blogs… … mas é impossível não se apaixonar pelo livro de cara… a capa é PERFEITA!

Impossível mostrar por fotos a real beleza da capa:





Glimmerglass – O encontro de dois mundos


Quando o mundo real é o de magia se cruzam…
Dana Hathaway ainda não sabe, mas vai acabar se metendo em apuros quando decide que é a hora de fugir de casa para encontrar seu misterioso pai na cidade de Avalon: o único lugar na Terra onde o mundo real e o mágico se cruzam. No entanto, assim que Dana põe os pés em Avalon, tudo começa a dar errado, pois ela não é uma adolescente comum – ela é uma faeriewalker, um indivíduo raro que pode viajar entre os dois mundos e a única pessoa que pode levar magia ao mundo humano e tecnologia a cidade de Faerie.
Não demora muito e Dana envolve-se no jogo implacável da política do mundo da magia. Alguém está tentando matá-la, e todos parecem querer alguma coisa dela, desde seus novos amigos e da família até Ethan, o lindo garoto com poderes fantásticos com quem Dana acha que nunca terá uma chance… Até ter uma.
Presa entre esses dois mundos, Dana não sabe bem onde se encaixa ou em quem pode confi ar, muito menos se sua vida um dia voltará a ser normal.

Dados da Publicação

ISBN: 978-85-7930-238-1
Formato: 15,7 x 23,0 cm
Páginas: 296








Minhas impressões

Dana é uma menina.... de 16 anos... que vive só com a mãe... que a tirou de Avalon... Dana... sempre soube quem ela era... uma mistura de humana com feérico, seu pai é um 'fada'...

Avalon é um país independente... dentro da Inglaterra/Londres... como o Vaticano em Roma/Itália... onde vivem naturalmente humanos e feéricos... a mãe de Dana... namorou com o seu pai... engravidou e fugiu de Avalon... mudou para os EUA... onde Dana foi criada... mudando de cidade em cidade por causa do alcoolismo da mãe...

... até que Dana se cansa... e resolve procurar o pai e fugir para Avalon... mas quando chega em Londres... as coisas já começam a ficar estranhas... o pai de Dana disse que ia mandar alguém para pegá-la no aeroporto... mas ninguém apareceu... e ela que já era bastante amadurecida apesar da idade e sabe se virar em qualquer lugar... pega um táxi que a leva até a fronteira de Avalon... onde ela tem que passar pela fronteira...

... e aí começa a aventura de Dana... ela é presa... e resgatada... e depois quando acha que encontra amigos... descobre algumas coisas que podem afetar as amizades... e ela que queria paz ao fugir para Avalon... se vê envolvida em intrigas políticas entre os feéricos... e ainda descobre que é uma Faeriewalker... pois ela pode ver o Glimmerglass...

Quer saber o que é Faeriewalker... o que é Glimmerglass... só lendo o livro... pois eu não vou dizer...

Jenna Black... desenvolveu uma história de aventura, mistério e magia... com personagens muito interessantes... adorei os irmãos Ethan e Kimber... o pai de Dana Seamus Stuart... o seu guarda-costa Finn e seu filho Keane, que ensina noções de defesa pessoal... não há um romance efetivo... mas eu torço por Dana e Ethan... e espero que o triângulo entre Ethan-Dana-Keane... não exista... acho pouco provável...

Atualização posterior:
Pessoal... voltei... eu preciso falar um pouco de Seamus Stuart... o pai de Dana e de sua relação com ela... Seamus não sabia da existência de Dana... e quando ela o procurou... ele logo mandou uma passagem para que ela o encontrasse em Avalon... e ele sempre foi muito honesto com ela... eu adorei Seamus... apesar de sua arrogância em relação a outros feéricos de categorias inferiores... mas ele é um bom feérico, muito melhor que sua irmã Grace. Veja aqui uma citação que mostra um pouco a relação entre Dana e Seamus:

"- E você? - perguntei. - Como planeja fazer que eu fique do seu lado?
Ele sorriu para mim, inclinando-se e cobrindo a minha mão com a dele.
-Sendo seu pai. Protegendo-a e tratando-a com consideração. E sendo honesto com você.
Com cuidado, extraí minha mão debaixo da dele, pois ainda não estava pronta para sinais físicos de afeto.
- Gosto mais do seu modo - murmurei baixinho.
Ele sorriu de novo, com um brilho no olhar.
-Eu contava com isso." pag 175


Citações


"Quando estacionei e pensei no que tinha que fazer, percebi que não poderia mais continuar vivendo daquele modo. Nada poderia ser pior de que viver com mamãe, tendo de mentir constantemente por ela, tentando encobrir o fato de que ela tinha desmaiado depois de tanto beber quando deveria ir a reuniões escolares ou me levar para alguma atividade fora do campus escolar." pag 12

"A magia singular de Avalon era a de que a cidade existia tanto em Faerie como no mundo mortal - era o único local em que os dois planos de existência se sobrepunham. Quando meu pai ficava no limite da cidade e olhava para fora, tudo o que ele via era Faerie e, se ele cruzasse a fronteira, nós do mundo mortal não conseguiríamos mais vê-lo." pag 14

"Parado na soleira da porta estava, provavelmente, o rapaz mais lindo que já vi na vida, Era alto... e magro, com cabelos bem loiros e longos que caíam pelos ombros como se fossem uma capa. Estava escuro demais na penumbra formada pelas fracas labaredas da lareira para determinar a cor dos olhos, a não ser o fato de que eram bem claros - e de terem o formato puxado para cima dos feéricos." pag 40


"Quando os lábios dele tocaram os meus, senti um choque, como se uma descarga elétrica tivesse percorrido meu corpo, dos lábios à ponta dos pés e dos cabelos, de repente foi surpreendentemente fácil parar de pensar e só sentir.... Respirei a fragrância de Ethan, deliciei-me com o calor do corpo dele, devorei seu beijos de sabor cereja, e meu bom senso não tinha nada a ver com isso." pag 123

"Eu não desejava perdê-la, percebi surpresa. A mentira seria como uma ferida entre nós quem sabe por quanto tempo ainda, mas eu não sabia como poderia sobreviver em Avalon sem um amigo." pag 169

"- Você salvou a minha vida - sussurrei ao encontro do peito dele.
Seu queixo esfregou o topo da minha cabeça.
- Era o mínimo que eu podia fazer." pag 272

"Engoli meus protestos e respirei fundo. Eu podia fazer aquilo. Aceitar meu destino com dignidade e recuperar a confiança do meu pai. E quando eu completasse dezoito anos - levando-se em consideração que eu chegasse até lá, claro -, eu poderia decidir por conta própria se seria melhor viver em Avalon ou no mundo mortal." pag 289

Próximos livros da série

Shadowspell
Sirensong

O terceiro livro da série 'Faeriewalker' foi lançado ontem nos EUA... e espero que a Universo dos Livros... nos traga logo os outros dois... com as capas e conteúdos maravilhosos!!!!

Curta a fanpage da Série no Facebook no Brasil... com fotos de fãs com seus 'Glimmerglass'... inclusive eu. Siga a Universo dos Livros no Twitter para mais informações sobre a série e outros livros maravilhosos...




RESENHA PREMIADA

Quer ganhar um exemplar do livro? Então...


  1. Comente neste post... algo condizente com a resenha...colocando seu nome de seguidor do blog e twitter se tiver;
  2. Siga o blog na barra lateral...
No dia 23 de julho... se a resenha tiver pelo menos 20 comentários... eu vou fazer o sorteio de um exemplar de 'Glimmerglass'...


Esta promoção foi adiada até o dia 26/07... pois eu estava aguardando um ok da nossa amiga e parceira Livraria Leitura...
que vai nos dar mais um exemplar de 'Glimmerglass'... por isso... serão dois os sortudos... dois ganhadores... amanhã às 12hs farei o sorteio pelo random.org.




35 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.