Minhas impressões: O Vale do Silêncio - Nora Roberts (Trilogia do Círculo #03) @EditoraBertrand


Preciso dizer, antes de começar  esta 'resenha' propriamente dita,  que não sou especialista em letras, literatura ou qualquer outra matéria, que me transforme em alguém com isenção, imparcialidade e que me faça perceber todos os aspectos técnicos de um livro… sou apenas uma amante da leitura… de livros… escrevo com o coração tentando passar para vocês algumas das emoções que senti ao ler o livro… por isso, desde minha primeira postagem sobre um livro específico, não escrevo resenha no título e sim 'Minhas impressões' porque são as minhas impressões… meus sentimentos… minhas emoções que tento passar para vocês… portanto não esperem de mim comparações, histórias relacionadas, críticas… vou criticar sim, mas quando forem críticas pertinentes ou gritantes, que me incomodem (como as capas da Trilogia do  Círculo)… ou erros craços de português, conjugação, concordância… continuarei 'falando' com o coração… e provavelmente vocês verão poucas vezes eu falando mal de um livro, porque eu os escolho, pego os que me interessam, pela sinopse e/ou capas… espero que entendam o desabafo desta blogueira que faz com carinho o blog porque AMA os livros e suas histórias.


E agora vou falar de um dos livros mais lindos... aliás uma  das Trilogias mais lindas... como todos os livros de Nora Roberts...

Conhecer a forma como Nora Roberts escreve e nos remete às paisagens, ações, amores não me impede de me surpreender e me emocionar… todos os trrês livros daTrillogia do Circulo me encantara, me emociionaram… me cativaram… mas 'O Vale do Silêncio'… coroou a trilogia de uma forma MARAVILHOSA…


Sinopse


Minhas impressões

Desde 'A Cruz de Morrigan' já se sabe que cada livro será de um casal... dentro do Círculo de Seis... Glenna e Hoyt... Blair e Larkin, em 'O Baile dos Deuses' e em 'O Vale do Silêncio' é o amor de Cian, o vampiro e Moira, a Erudita... que é coroada como Rainha de Geall... agora… os seis estão finalizando os preparativos para a Guerra que acontecerá no Samhain… no Vale do Silencio… um lugar negro… onde outra guerra aconteceu… mas uma guerra onde não houve vencedores… apenas muito sangue foii derramado… deixando uma energia negativa no lugar…

"Sua história começara com o Feiticeiro que fora chamado pela deusa Morrigan. Hoyt de Mac Cionaoith fora incumbido pelos deuses de viajar por outros mundos, para reunir um exércio para fazer frente à Rainha dos Vampiros. A grande batalha entre humanos e demônios aconteceria durante a celebração do Samhain, no Vale do Silêncio, na terra de Geall." pag 09
Todos os livros começam com um 'velho' contando a história de luta para crianças... e ele conta sobre tudo o que aconteceu e sobre os preparativos e sobre os personagens... e é como se quem contasse a história para nós fosse este velho... tão lindo...


Neste terceiro e perfeito livro… muitas perdas acontecem… mas a amizade… o sentimento de família e os amores crescem ainda mais… e o amor de Moira e Cian… é muito… muito lindo e intenso… adoro a forma como tudo acontece entre eles… como o sentimento 'ter que viver o hoje sem pensar no amanhã' é ainda mais intenso e verdadeiro pra ambos… eu já sabia (instintivamente) o que iria acontecer… com eles... mas chorei... só não chorei de 'ripinique' como dizem minhas irmãs... porque era madrugada e todos aqui em casa estavam dormindo... as palavras que eles usam são tão lindas... o amor eterno... Cian chama Moira de 'Luz de sua vida'... que coisa mais linda????

A luta é intensa... mas não foi muito 'sangrenta'... gosto muito da magia envolvida... o poder da bruxa e do feiticeiro juntos... é lindo como o amor entre cada casal... faz com que o círculo dos seis seja ainda mais poderoso junto... e conseguem vencer 'Rainha do Mal'... Lilith, cuja história ficamos conhecendo neste livro... um pouco...


Na bandeira de Geall já existem dois símbolos 'Dragões' e o 'Claddagh'... Moira ainda adiciona o SOL que tem muito significado na guerra para a qual eles se prepararam e que lutaram... a música e a literatura... estão sempre ou quase sempre presente nos livros de Nora... e em 'O Vale do Silêncio' Cian tem um momento fofo tocando... e outro momento lindo é quando eles falam sobre Yeats... o poeta irlandês... ando querendo ler seus 'Poemas'. 

Claddagh

Claddagh: no centro um coração que representa o amor, uma coroa que significa lealdade e as duas mãos representa a amizade.


As mulheres de Nora Roberts são todas fortes, mesmo quando puras, sensíveis como Moira... elas têm um poder que eu gostaria muito de ter... de encontrar esta força poderosa que move cada uma das heroínas de Nora... Glenna... Blair... Eve Dallas... Maggie... Brie... Shannon... todas as mulheres são fortes... e os homens? Ah os homens de Nora Roberts... são lindos... românticos... fofos... apaixonados... e poéticos... todos têm uma magia céltica contida neles... Cian... Larkin... Hoyt... Roarke... Rogan... Gray... Murphy e todos os outros que já li e ainda vou ler...


Citações



"Ele já havia lhes contado sobre o irmão de Hoyt, o Feiticeiro, morto e transformado pela ardilosa Lilith, que já exisitia há quase mil anos como vampira, antes de transformar Cian em um de sua espécie. Praticamente outros mil anos se passariam para Cian antes que ele pudesse se unir a Hoyt e à bruxa Glenna para formar os primeiros do círculo de seis. Os elos seguintes seriam formados por dois geallianos - aquele de múltiplas formas e a erudita, que viajaram pelos mundos para se unirem ao grupo naqueles primeiros dias. E o  último elo do círculo fora formado pela guerreira, uma caçadora de vampiros que possuía o sangue da família Mac Cianaoith.As história que eles lhe contar foram de batalhas e coragem, de morte e amizade. E de amor. O amor que florescera entre o Feiticeiro e a bruxa e entre o de múltiplas formas e a guerreira fortalecera o círculo como a mágica verdadeira deveria fazer.Mas ainda havia mais a contar. Triunfos e perdas, medo e bravuras, amor e sacrifício - e tudo o que vinha com as trevas e com a luz." pag 09/10

"Não era linda. Lembrava-se disso com frequência, quase com a mesma frequencia com que se lembrava dela. Era, na melhor das hipóteses, bonita. Esguia, de construção óssea pequena e traços delicados. Mas, quanto aos olhos, eram grandes e dominantes em seu rosto. Apresentavam um cinza suave quando se encontrava tranquila, pensativa, ouvinte. E um cinza furioso quando provocada..... Ela não era linda, mas ele não conseguia, por mais que se esforçasse, tirá-la da cabeça." pag 18


"Quero que vós venhais junto com a minha família, já que sois minha família também. Faço isso por mim, mas também pelo povo de Geall. Quero que vejam quem sois vós. Cian não poderá tomar parte da cerimônia da forma como eu gostaria que o fizesse." pag 30

"-Cada dia a partir de hoje até o Samhain é terreno perigoso. Sei que o que estás dizendo é para o meu bem, faz todo sentido, mas, em minha mente e em meu coração, eu ainda o quero. Preciso me acalmar um pouco até saber o que deverá ser feito a respeito. Só sei que não quero ir para a batalha sem enfrentar esse sentimento, só porque estou com medo do que possa acontecer, ou do que não possa." pag 83

"- Então diga meu nome.- Moira.- De novo, por favor. - Tomou-lhe a mão, colocou-a sobre seu coração.- Não faça isso.- Cian. Este é o teu nome para mim. Cian. Acho que se tu não me tocares, se tu não me possuíres, uma parte de mim morrerá antes mesmo de eu ir para a batalha. Por favor. - Segurou o rosto dele com as duas mãos e viu, por fim, o que precisava em seus olhos. - Diga o meu nome.- Moira. - Perdido, ele lhe tomou a mão, encostou os lábios em sua palma. - Moira, se eu ainda não estava condenado, isso me mandará para o inferno.- Tentarei te mandar para o paraíso antes, se tu me tocares.Ela se pôs na ponta dos pés, puxando-o para baixo. Sua respiração ficou entrecortada quando os lábios dele se uniram aos seus." pag 156


Aqui um demonstração... que Roarke, descende de Cian e Moira (rsrsrs)

"Entendia também que ele poderia ter sido qualquer coisa que tivesse desejado. Tinha a mente rápida e curiosa, mãos habilidosas e, pela forma como tocara música, a alma de um poeta. E jeito para negócios também, lembrou-se." pag 224

"Sei que não és humano, Cian, assim como sei que não és um monstro. E sei que há um pouco de ambos em ti, que te faz lutar constantemente para mantê-los em equilíbrio." pag 230 

"- Acho - disse Glenna, lentamente - que, no seu lugar, eu teria feito o mesmo. Sei que teria sentido vontade. Se formos embora, Blair e eu iremos com nossos homens. Você não. Quer que nós te julguemos por tentar encontrar uma forma de mudar essa situação?" pag 296


E não vou mais escrever nenhuma citação... se ainda não começaram a ler a Trilogia do Círculo... corram... é linda... é encantadora... é mágica... é pura beleza... que Nora Roberts nos presenteou...




13 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.