A Hora Secreta - Scott Westerfeld - @editoraid

Título: A Hora Secreta

Subtítulo: Midnighters - Vol I

Edição: 01

Autor: Scott Westerfeld

ISBN: 9788516067489

Editora: ID Editora

Ano: 2010

Páginas: 352

Tradutor: Hector Lima



Sinopse:
Em Bixby, Oklahoma, os dias têm 25 horas. Mas apenas para alguns. Todas as noites, durante uma hora, a cidade de Bixby fica entregue a criaturas das trevas que assombram o local. Apenas um pequeno grupo de adolescentes sabe da Hora Secreta - eles são os únicos que conseguem se mover durante esse tempo que começa à meia-noite. Eles se autodenominam 'Midnighters'.

Resenha:

No meu aniversário do ano passado ganhei de uma amiga, esse livro, mas só depois de um tempo fui ler. Mas antes li coisas a respeito, e fiquei na dúvida quanto a qualidade, porque quase todas as resenhas, falavam um pouco mal, mas dei uma chance para ele, já que foi presente, e realmente parecia interessante.

Jessica Day é a menina nova na pequena cidade chamada Bixby, no Oklahoma. E lógico atrai atenção de todos, para alguns por ser uma pessoa nova na cidade, e para outros, por ser assim.. diferente.

‘Então ele viu a menina nova.

Ela era da sua idade, talvez um ano mais nova. Seu cabelo era vermelho escuro, e carregava uma mochila verde em um dos ombros. Rex nunca a havia visto, e em uma escola tão pequena como o Colégio Bixby isso já era estranho o suficiente. Mas ser nova ali não era a coisa mais estranha a respeito dela.

Ela estava fora de foco.’ – pág 8

Rex, um dos meninos do colégio percebe que ela pode ser uma deles. Assim como ele, Melissa e Dess. Eles são chamados de midnighters, pois quando chega à meia noite, toda a cidade para, mas não para eles, que têm mais uma hora em seus dias. Eles então, começam a sondá-la para confirmar e também para ajudar.

Jessica no início pensa que tudo é apenas um sonho, mas com a ajuda de seus novos amigos, ela consegue entender que mundo novo é esse, e acaba vivendo algumas experiências ruins para enfim descobrir que na hora secreta, existem algumas criaturas que só aparecem quando a cidade para.

‘Jessica acordou porque o som da chuva havia simplesmente.. cessado.

Tudo mudou de repente. O som não se dissipava, gotejando até o nada, como era esperado da chuva. ‘

Outro midnighter que a ajuda é Jonathan, que por ter alguns problemas com Rex, não anda com o outro grupo. Para ele, essa hora extra no dia é mais como uma diversão do que qualquer outra coisa, e mostra isso pra ela, através de seus poderes. Sim, porque eles têm poderes, aliás, há inimigos para combater, e não é de uma forma convencional que eles fazem isso.

‘(..) Jéssica admitiu – Mas às vezes parece que as pessoas aqui em Bixby sabem o que está acontecendo na minha cabeça. Ou eu acho que uma pessoa pelo menos sabe. (..)’ pág

‘Eu acho que temos sorte de ter todo um mundo para nós mesmos. Para brincar nele, explorar, fazer o que quisermos. Pra que complicar com uma coisa maior?’ pág 159

No final, acabei discordando de várias opiniões que li na internet. Gostei dele, é um sobrenatural que foge de todos os outros livros que si sobre vampiros e afins. É completamente diferente. O que concordo com as resenhas que li é que é apenas um bom livro para início de uma série, bem introdutório. Acredito que a continuação é bem melhor (já me contaram).

O seguinte é ‘O Lumiar da Escuridão’, e estou louca para ler, porque o final desse, pra variar, me deixou muito ansiosa para a continuação. E assim que der vou comprar, pois já está lançado. O terceiro ainda não foi lançado, e não tem data para lançamento.

Eu ainda não o conhecia, mas Scott é o autor de outra série, ‘Feios’. Sou louca por eles, mas ainda não tive a chance de ler. Depois de Midnighers, fiquei com vontade de conhecer mais esse autor, que é excelente, e que conseguiu me prender.

Assim que ler o próximo faço resenha pra vocês!

7 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.