Encantos - Aprilynne Pike - @EditoraBertrand - By @BeetaRodrigues


Olá lindos e lindas!
Quem gostou do livro e/ou da resenha de ‘Asas’, minha primeira resenha aqui pro blog? (Releia aqui)

Então, se todos viram no #Flash, a Bertrand está lançando a continuação, ‘Encantos’, e eles lindos, mandaram pra mim, e hoje é sobre ele que vim aqui falar! Prontos?






Sinopse

Seis meses se passaram desde que Laurel salvou a porta de entrada para o reino das fadas de Avalon. Agora, ela deve passar o verão lá, aprimorando suas habilidades como uma fada do outono. Mas a sua família humana e os amigos ainda estão em perigo mortal, e porta de entrada para Avalon está mais comprometida do que nunca. Quando chega a hora de proteger aqueles que ama, ela vai depender de David, seu namorado humano, para ajudar? Ou será que ela vai voltar para Tamani, a fada eletrizante com quem sua conexão é inegável? 

Resenha

Passados 6 meses, Laurel enfim é chamada pra Avalon, o seu verdadeiro lugar de origem, onde as fadas e elfos existem. O perigo realmente é iminente, e ela precisa aprender certas coisas que toda fada deveria saber, mas ela não sabe, já que viveu sua vida toda (ou a parte que ela lembra) com os humanos.

É totalmente estranho pra ela, pois um lugar que foi sua primeira casa, onde você nasceu (floresceu), não é nem um pouco reconhecível pra ela, as pessoas a olham estranho, julgam-na a todo tempo por ter escolhido viver com os humanos. E ela não reconhece ninguém, e não se sente realmente bem, exceto, é claro, quando está com Tamani. O seu amigo, e mais que amigo, ajuda-lhe e lhe mostra Avalon.

O triângulo amoroso ainda está presente nessa continuação, e Laurel ainda não sabe como lidar com toda essa situação. Tem tanta coisa pra aprender, tantos sentimentos confusos na sua cabeça, e ainda pra completar, inimigos pra enfrentar.

Ela ainda é alvo dos trolls (animais estranhos e bizarros), e precisa começar a se defender sozinha. Além do mais, ela é uma fada, e existem encantos que podem e devem ser feitos como forma de proteção e outras coisas mais.

Enfim, ela mais uma vez vai precisar contar com a ajuda de seus dois amores, David e Tamani, tomar verdadeiramente uma decisão, ou seja, decidir entre sua vida humana ou a vida entre fadas e elfos.

Uma fofura a história, David é um lindo, Tamani é um ser maravilhoso, e eu preciso confessar que também fico em dúvida, então, entendo completamente ela em certos momentos. Ficou meio implícito outro livro. Certas histórias ainda ficaram por contar, e acho que a Laurel ainda tem muitas aventuras pela frente. Aventuras, e claro, muito romance!

Mais uma vez fiquei apaixonada pela capa, não preciso nem dizer né? Eles realmente estão caprichando!

Citações

‘Ele estava lá, em algum lugar, olhando pra ela. O fato de ainda não conseguir vê-lo não significava nada’’ – pág 7
‘David era tudo o que ela podia desejar num namorado. Tudo, exceto o que não era, o que jamais poderia ser. Tamani porém tampouco poderia ser como David’ – pág 10
 ‘Em virtude da natureza lamentavelmente inadequada da sua educação atual, você foi convocada à Academia de Avalon.  Por favor, compareça ao portal pela manhã do primeiro dia de verão. Sua presença será requerida por oito semanas’ – pág 11
‘O castelo não é apenas um lar, Laurel. Também protege várias coisas...coisas que não podemos nos arriscar a mover simplesmente por conveniência ou para satisfazer nossa vaidade com uma construção nova e elegante’ – pág 19
‘Parecia tão contraditório vir para Avalon para aprender a proteger a si mesma e a seus entes queridos, e, ao fazer isso, deixa-los tão vulneráveis.’ – pág 30
(Tamani) ‘– Vou levar você a meu lugar favorito em toda Avalon.
(...) - Minha casa. Quero que você conheça a minha mãe’ – pág 42
(Tamani) ‘- Acredite em mim, não é fácil sentir saudade de você. Eu não desejaria isso a ninguém’ – pág 45
‘- Não posso simplesmente avançar e proclamar minhas intenções. Não posso ‘roubar’ você. Só posso esperar e ter esperanças de que você, algum dia, me peça. - E se eu não pedir? – disse Laurel, com uma voz que mal passava de um sussurro. - Então, suponho que ficarei esperando para sempre. ’’ – pág 90

 Não é realmente uma coisa fofa? A cada livro fico mais cativada, e vocês?