Minhas impressões: O Amuleto - Nora Roberts @EditoraBertrand

OMG!!! A cada livro de Nora Roberts eu fico mais e mais fã... com Nora Roberts não tem erro... para mim é diversão na certa!!!

Este livro foi minha 'mammy' que me deu de aniversário... e como a pilha anda imensa... fui deixando, mas no final de semana precisava relaxar... e minha escolha foi pegar um 'Norinha' para me ajudar... e escolhi aleatoriamente...





Sinopse


Minhas impressões

Este livro foi lançado originalmente, em inglês, com o título 'The Reef' em 1998, aqui no Brasil em 2006.





O livro é dividido em três partes: Passado, Presente e Futuro, sempre com belíssimas citações que antecedem a história propriamente dita...

Passado: "O presente não contém nada a mais do que o passado, e o que é encontrado no efeito já está na causa." Henri Bergson


Presente: "O aqui e o agora, através dos quais todo o futuro mergulha no passado." James Joyce

Futuro: "O futuro é comprado pelo presente." Samuel Johnson

Cada uma das partes conta a história de Tate Beaumont e Matthew Lassiter... os dois são mergulhadores... e se conheceram, oito anos após a morte de James, o pai de Matthew, quando seu tio Buck e o pai de Tate, Ray, se tornaram parceiros na busca de um navio naufragado na costa de St. Kitts (Caribe).


Nesta época Tate tinha 20 anos e sonhava em se tornar uma arqueóloga marinha... ela gostava de mergulhar e de fazer buscas, catalogar tudo que era encontrado... e Matthew tinha 24 anos e era apenas um mergulhador em busca de 'tesouros ' para sobreviver e em busca de um 'amuleto' que foi o responsável pela morte de seu pai... este amuleto é conhecido como 'Maldição de Angelique' e está desaparecido há mais de 200 anos...

"Ainda havia riquezas, e James sabia. Mas seus pensamentos viajavam além do Estrela do Mar, rumo ao norte daquele recife espetacular e perigoso que dava nas águas cálidas das Índias Ocidentais. Para outro navio naufragado, para outro tesouro.Para a Maldição de Angelique.Ele se perguntava se era o amuleto ricamente incrustado de jóias que era amaldiçoado, ou a mulher, a bruxa Angelique, cujo poder - conforme se reputava - ainda era grande sobre os rubis, os diamantes e o ouro." pag 10

No passado, Tate e Matthew se conhecem, mergulham juntos, encontram um navio o Santa Margarida, e o exploram juntos, com Ray e Buck e se deliciando com os quitutes e carinho de Marla, a mãe de Tate. E vão se conhecendo e se apaixonando, mas eles passam por muitas dificuldades e uma delas faz com que Tate e sua família encontrem com o inimigo número 1 da família Lassiter, VanDyke, um homem rico, mas completamente louco e sem escrúpulos... e que acaba se tornando inimigo da família Beaumont também. E Tate e Matthew acabam se separando...

No presente, oito anos após a separação de Tate e Matthew, ela já uma arqueóloga marinha se preparando para o doutorado e embarcada no Nômade em uma 'expedição que visava, ao mesmo tempo, progressos científicos e obtenção de lucro.' pag 184 Enquanto Matthew está trabalhando como tripulante em um 'barco grande e feio apenas para pegar metal. Não havia ouro algum, nenhum tesouro para ser descoberto no Confiante.' pag 193

Mas tanto Tate quanto Matthew estão infelizes com o que fazem e tudo 'conspira' para o reencontro... graças a uma mãozinha do destino e também de Ray... eles acabam se reencontrando e vão em busca do Isabela e quem sabe da Maldição de Angelique e também do futuro de ambos juntos...


E o futuro já se inicia no livro com muito suspense e aventura e entendimentos e desentendimentos e amor e muita crueldade de VanDyke... mas o amor supera tudo e todos... e triunfa sobre toda e qualquer maldição que possa ser encontrada...

Preciso dizer que amei o livro? Que amei a história de Tate e Matthew? Mais um Nora Roberts para minha lista de favoritos.


Citações
Não faltam citações, mas serei 'comedida' para não entregar todo o ouro...

"O olhar risonho de seu pai dizia tudo. Ele trabalhou duro a vida toda e agora estava tirando proveito das recompensas. Para Tate, um momento como aquele valia ouro.Eles nadavam juntos, ligados pelo amor que sentiam pelo mar, pelo silêncio e pelas cores." pag 18


"Buck tinha razão. Sem nenhum endereço fixo e com menos de quatrocentos dólares enfiados num maço de cigarros, Matthew Lassiter não tinha o direito de se imaginar ao lado de Tate Beaumont." pag 94


"Os amigos e a família demonstraram frequentemente a sua preocupação, pedindo que diminuísse o ritmo. Mas o tal diploma havia sido a única meta que ela sentia que estava sob o seu controle." pag 183

"Ele estava lindo. Não havia ressentimento ou desdém que pudesse negar isso. Seu cabelo desalinhado e obviamente não via um barbeiro há algum tempo. Dormindo, seu rosto estava relaxado, e aquela linda boca parecia ainda mais macia. Tate supôs que ele estava uyum pouco mais magro do que há oito anos, já que as covinhas na bochechas estavam mais fundas." pag 240

"- Por que isso é tão importante? Esse navio, esse colar?- Porque perdemos algo naquele verão, Tate - respondeu calmamente. (...) Perdemos a alegria do que havíamos feito, do que poderíamos fazer. Perdemos a mágica do que poderia vir a ser. Chegou a hora de a recuperarmos." pag 253

"- Compreendi algo quando estava lá embaixo, olhando para o que sobrou do Margarida. Não resta mais nada, Matthew. O navio, aquele verão, aquela garota. Tudo se foi. Temos que começar com o que possuímos agora.- Passar uma esponja no passado.- Não sei se podemos ir tão longe. Vamos dizer que viramos uma página.- O.k. - ele estendeu a mão. Quando Tate a pegou, Matthew a levou inesperadamente até os lábios. - Vou persuadí-la, ruiva - murmurou." pag 303 

" A ternura era tão inesperada. Tão sedutora. Ela a tinha visto uma vez, escondida no homem jovem e impetuoso pelo qual havia se apaixonado. Mas encontrá-lo agora, depois de tanto tempo, era como descobrir um tesouro." pag 335

"Quem sabia melhor que um arqueólogo que o passado poderia ser examinado, analisado e registrado, mas não tinha como ser modificado? O que havia e poderia ter sido estava tão calcificado quanto prata antiga na água do mar. Era o momento que tinha que ser encarado." pag 390


"- Acho que quando ele fez para a mulher, escolheu o rubi como coração, pela paixão. Os diamantes em volta pela resistência. E o ouro pela força. - Matthew beijou delicadamente sua testa, seu rosto, seus lábios. - O amor precisa de todas essas coisas." pag 491