Desafio de Clássicos #01 - Os Lusíadas - Luís de Camões - By @BeetaRodrigues


Oi gente!


Preparadas para o desafio de clássicos?













Então, primeiro vou explicar pra vocês que vou seguir o desafio com livros que já li, ou que tenho aqui em casa ainda por ler. Há alguns anos eu comecei a fazer a coleção que a Abril estava fazendo e a cada 15 dias lançava um clássico por RS15,90, com uma capa super linda, e um formato bem moderno. Lógico que não perdi tempo, e comprei vários que eu já pretendia adquirir. Pra quem não conhece, olha o link !


Os Lusiadas foi assim, comprei nessa época, mas já tinha lido na época do colégio, e para a resenha reli com o livro novo. Vamos conhecer mais desse clássico!


Edição: 19
Editora: Abril Coleções
ISBN: 9788579710209
Ano: 2010
Páginas: 444




Sinopse

Com centro na narrativa da viagem de Vasco da Gama até as Índias, Camões conta nesta epopéia a história do povo português, utilizando-se da estrutura clássica do poema épico. "Os Lusíadas" é, acima de tudo, uma declaração de amor de Camões à sua adorada terra lusitana.








O livro como todos sabem, retrata as Grandes Navegações Lusitanas, e é separado em cantos, cada cantos com algumas estrofes. É engraçado que trata de mitologia greco-romana, e pra quem gosta de Percy Jackson e os Olimpianos, vai achar bem legal encontrar os mesmos personagens, de diferentes formas. Cada um se ajudando, apoiando seus prediletos, prejudicando os que não gostam.

Narra a viagem de Vasco da Gama às Índias, e todas as dificuldades que os tripulantes vão enfrentar pelo caminho. E como cada Deus vai interferir na empreitada. Marte e Vênus estariam ao seu lado, já Baco e Netuno, estariam contra o sucesso.

O livro serve como excelente aula de História. Quando o Vasco da Gama faz uma “breve narrativa” sobre sua pátria para um rei africano, ele explica tudo sobre a linha sucessória lusitana, sobre a criação das monarquias centralizadas, a geografia do Velho Mundo, tudo sem tornar a leitura cansativa nem por um minuto.

Uma leitura um pouco complicada, principalmente quando é passada no Ensino Fundamental, em que os alunos querem ler Harry Potter, Meg Cabot, entre outros. Mas vale a pena separar um tempo para clássicos e ver um pouco da diferença de escrita, dos lugares, das pessoas e vestimentas através das descrições dos autores.


Canto I
As armas e os barões assinalados
Que, da ocidental praia lusitana,
Por mares nunca de antes navegados
Passaram ainda além da Trapobana,
Em perigos e guerras esforçados,
Mais do que prometia a força humana,
E entre gente remota edificaram
Novo reino, que tanto sublimaram.

Canto IV
Ó glória de mandar! Ó bã cobiça
Desta vaidade, a quem chamamos fama!
Ó fraudulento gosto, que se atiça
É uma aura popular, que honra se chama!
Que castigo tamanho e que justiça
Fazes no peito vão que muito te ama!
Que mortes, que perigos, que tormentas,
Que crueldades neles experimentam!