Minhas impressões: @mor - Daniel Glattauer @Suma_BR

Não sei como começar, como escrever, o que falar sobre @mor… está sendo difícil... mas vou tentar.

Livro recebido pela parceria



Sinopse



Minhas impressões

Eu me apaixonei pela capa, fiquei com receio pela sinopse, pensei: ai meu Deus, ela é casada isso vai dar m***a! Mas depois que li a resenha da Ana, lá no icultgen, foi a única que li, pois eu tinha certeza que não teria spoilers, me convenci… parei de ler Oksa, eu já estava amando… e vi o quanto todo mundo nas redes  sociais estavam falando sobre o livro... e sobre o quanto estavam amando... me sucumbi ao @mor... mas com este título... como não sucumbir?

É impressionante a construção do livro e do relacionamento de Emmi Rothner e Leo… tudo começa quando ela manda por engano um email para ele, Leo Leike, a fim de cancelar sua assinatura da revista Like… e continua mandando emails erroneamente, mas eles acabam trocando emails sobre amenidades e vão conversando, e conversando e acabam se tornando amigos virtuais… amizade virtual é interessante… hoje em dia, convivemos mais com 'amigos virtuais' do que com 'amigos reais', por vezes nós convivemos mais virtualmente com amigos reais do que 'realmente' com eles, eu sinto falta de me encontrar, sentar, tomar café, ir ao cinema, conversar, chorar, gargalhar com minhas amigas, mas pelo menos virtualmente as encontro para alguns encontros virtuais… mas chega de blá… blá

Voltando ao livro… Emmi é casada e Leo é solteiro, mas com um relacionamento meio conturbado com uma mulher… em suas conversas ele se abre muito mais do que ela… em vários momentos eles desejam se encontrar pessoalmente, mas a cada vez um deles se encontra inseguro quanto ao encontro… e o tempo passa, e a amizade se desenrola, por vezes se enrola… e eu sem saber, assim como os personagens, se 'torcia' pelo encontro ou desencontro…

Devo dizer que o livro é meio um poema... uma história repleta de suavidade e intensidade... e concordo com a maioria das pessoas que estão lendo o livro... Leo Leike é bem mais interessante que Emmi Rothner...


Eu me encantei pela leveza da escrita de Daniel Glattauer… um Vienense que conseguiu desenvolver um livro cativante todo em forma de emails, somos 'espiões' da caixa de email de Emmi e Leo… acompanhamos todos os emails trocados por eles… e vamos conhecendo uma parte da vida 'pessoal' de cada um, a parte que eles deixam o outro conhecer…


O austríaco Daniel Glattauer dá nova vida à tradição epistolar em @mor, primeiro de dois romances que exploram um relacionamento sustentado basicamente em trocas de e-mails. Romance de estreia de Glattauer e campeão de vendas na Alemanha e na Espanha, o livro explora, sob roupagem moderna, sentimentos familiares a amantes de todas as gerações.

O livro termina… e ficamos com a sensação: eu quero mais um email… eu quero mais… e pelo menos… já sabemos que teremos mais… espero que não demore muito... 

O livro no original... em alemão se chama: Gut gegen Nordwind (Contra o Vento Norte)... e sua continuação... se chama: Alle sieben Wellen (Todas as sete ondas)... como será que vai se chamar aqui???

Booktrailer:



Citações

Não vou colocar muitas citações... para não atrapalhar a surpresa e prazer de ler o livro...



"Cara senhora Rtthner,a senhora faz isso de propósito? Ou a senhora fez a assinatura de dias ruins?Sds,Leo Leike" pag 09


"Eu crio uma imagem própria de você a partir dos textos que você me escreve. Eu concebo a minha própria Emmi Rothner. Ainda a tenho nos mesmos elementos iniciais diante de mim, os mesmos com que já me deparei em nosso primeiro contato, tanto faz se você foi três vezes casada de modo trágico, cinco vezes alegremente separada, ou diariamente feliz com a ideia de 'ainda estar livre' e libertinamente solteira nas noites de sábado." pag 28
pag 85
"A proximidade não é o fim da distância, mas sua superação. A ansiedade não é a falta de completude, mas sim a constante procura por ela e a repetida insistência em obtê-la." pag 91

"Então era assim, o tempo todo, a voz desse tipo? pag 149

"Eu sei que já é tarde. Mas tome mais uma taça de vinho tinto, isso sempre lhe faz bem." pag 175

"O vento norte está batendo bem na minha cara." pag 184





Se tiverem pelo menos 20 comentários pertinentes nesta resenha... vou tentar conseguir um livro @mor para sorteio... mas sem comentários... nada feito :(