Li em e-book #02 e Minhas impressões: Um amor a Domar - Nora Roberts #Stanislaski @harlequinbrasil



Como disse na semana passada, na estréia desta coluna, ainda não sei qual será sua frequência, e como estou lendo dois livros (grandes e intercalados) esta semana 'Eu li em e-book' entra hoje e, se eu conseguir, mais pro final da semana posto resenha de um livro (papel).

Eu sempre tive muita vontade de ler 'Os Stanislaski' da nossa querida e amada DIVA Nora Roberts, mas achava os livros caros... no entanto, este mês a Harlequin os lançou em e-book, os primeiros e-book Nora Roberts no Brasil... e lógico, a doida que vos fala... comprou. Mas comprei e li primeiro o 'Um amor a Conquistar', a história de Mikhail e Sydney, mas apesar de a ordem no site da Harlequin ser esta, antes Mikhail, ao ler o livro, percebi que faltava a história de amor de Natasha, a mais velha das filhas de Yuri e Nadia Stanislaski.

Desta vez eu consegui passar o livro para meu Kindle.

Como disse acima, eu comprei, pelo Gato Sabido, o livro de Mikhail, mas a Saraiva está com uma pequena promoção dos 'Os Stanislaski' e acabei enlouquecendo e comprei os outros três...


Minhas impressões

Natasha é a primeira filha de Yuri e Nadia Stanislaski, ela tinha 6 anos quando eles saíram da Ucrânia, de onde fugiram do regime comunista... em um vagão de trem, cruzaram a Europa e desembarcaram e se estabeleceram em Nova York. Os irmãos Stanislaski são quatro: Natasha, Mikhail, Alex e Rachel, a única que nasceu nos EUA. E cada um dos livros 'Os Stanislaski' conta a história de amor de um deles.
"- Estou falando sério. As pessoas falam sobre o momento certo, o clima certo, o lugar certo. Perdemos anos assim. Se meu pai tivesse esperado até ficarmos mais velhos, até a viagem ser mais segura, poderíamos ainda estar na UcrÂnia. Há coisas que devem ser agarradas com as duas mãos. A vida pode ser muito, muito curta." (posição 34%)
Natasha foi bailarina, do corpo de Baile de uma companhia de Balé, mas abandonou tudo por um motivo que até hoje, passado mais de 7 anos, a machuca... e evita qualquer relacionamento amoroso, mora em uma cidade pequena na Virgínia do Oeste, onde é dona de uma loja de brinquedos. Ela sabia se defender de qualquer homem que chegasse mais interessado, até que Spence Kimball, um viúvo, também machucado, um músico, compositor, professor universitário, pai de uma menina linda e amável, por quem Tash se apaixona, Frederica, Freddie, chega à cidade e a conquista.


"Os cabelos tão escuros quanto os da bailarina, encaracolados em torno do rosto, num desalinho selvagem, caíam pelos ombros. A pele era morena, dourada, realçada pelo vestido vermelho simples que ela usava.Mas esta mulher não é frágil, pensou. Embora fosse baixinha, passava a impressão de poder." (posição 5%)

A atração de Spence por Natasha é quase imediata, mas ela o rejeita de várias formas e com muita insistência, ele não desiste... até que a 'doma' e conquista e eles vivem um amor lindo, uma relação feita de amizade, carinho e formam uma família, que Freddie sonhou rapidamente. Mas contam com a persistência de Spence e uma 'mãozona' do Destino, porque Natasha pensa demais e às vezes se atrapalha com suas decisões.


"Pela primeira vez, percebeu o quanto queria alguém a seu lado. Não para assumir o controle nem para poupá-lo das obrigações como pai, apenas para estar ali, para compreender o que significava ver a filha doente, machucada ou infeliz. Alguém com quem conversar de madrugada, quando as preocupações ou os prazeres o mantivessem acordado.Quando pensava nesse alguém, só Natasha lhe vinha à mente." (posição 43%)


O nome original, em inglês de 'Um amor a Domar' é Taming Natasha, que significa, literalmente: "Domesticando -domando- Natasha".


Eu me encantei com a família Stanislaski, o que não é difícil, principalmente por ser criação da diva-mor Nora Roberts. Em breve falarei mais de Mikhail e de todos os outros Stanislaski. Os próximos livros serão:

- Um amor a Conquistar (Luring a Lady) - Mikhail e Sydney
- Um amor a Defender (Failling for Rachel) - Rachel e Zachary
- Um amor a Despertar (Convincing Alex) - Alex e Bess


Ao pesquisar sobre os livros, descobri que existe mais dois livros além dos quatro 'Os Stanislaski', que contam sobre os amores de Freddie e Kate (a irmãzinha, que ainda virá) Kimball. Seriam então os quinto e sexto livros da Série 'Os Stanislaski', aqui no Brasil, foram lançados, mas não pela Harlequin, pela Nova Cultural... há anos, e agora vou acabar comprando em inglês, depois que ler os quatro brasileiros, acima. Os livros continuação, são:

- Waiting for Nick - Freddie e Nick
- Considering Kate - Kate e Brody

Adoro estas continuações... a 'la Trilogia da Gratidão' quando passam os anos, e nos encontramos com nossos personagens envelhecidos... e as crianças vivendo seus amores.

0 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.