As Palavras que Nunca te Direi - Nicholas Sparks

Olá!
Mesmo depois de passar alguns sufocos para tentar um autógrafo e não conseguir na Bienal do Rio, resolvi ler mais livros dele. Além dos famosos, que viraram filmes, dos recém lançados. Achei um bem antigo, lançado em 2004, pela Editora Presença.

O livro é bem ao estilo dele, me deixou em lágrimas como todos os outros, e não deixou eu largar até o final.



Sinopse

Poderá vê-lo também no cinema com as interpretações de Kevin Costner, Paul Newman e Robin Wright Penn. Do mesmo autor de O Diário da Nossa Paixão, um livro que é já um êxito comercial nos EUA e em muitos outros países. Uma poética mensagem de amor na origem de um encontro arrebatador entre um homem e uma mulher cujos afectos já há muito se encontravam adormecidos…

Resenha

Theresa é uma colunista em um jornal de Boston e está acostumada e aparentemente bem com sua vida ocupada, desacredita nos relacionamentos amorosos. Divorciada, ela mora com seu filho, Kevin, de 10 anos, e só vive para o trabalho e para o filho.

Ela trabalha para Deanna, sua melhor amiga, que um dia a chama para passar um tempo de suas férias em sua casa de praia, e é quando ela enfim pode relaxar e sair da sua vida agitada.
Correndo pela praia ela encontra uma garrafa, com uma carta dentro. Super curiosa e intrigada, ela resolve pegá-la e abri-la para ver o que tem dentro. Ela se depara então com uma carta de um homem, completamente apaixonado, de uma maneira que comove Theresa.

Essa carta é de Garret, para uma mulher chamada Catherine. Garret é um instrutor de mergulho que leva sua vida da mesma forma há algum tempo, no interior, sem grandes novidades, sem grandes aventuras.

A história de Garret e Catherine intriga Theresa, a tal ponto, que influenciada pela amiga, resolve publicar na sua coluna, escondendo os nomes. Ela acreditava que iria publicar a coluna, fazer com que outras pessoas se emocionassem e só. No entanto, essa coluna fez com que ela descobrisse outras cartas, deixando-a mais curiosa, e mais envolvida.

Theresa resolve ir atrás do autor das cartas, para poder conhecer ele, e saber quem está por trás de palavras tão lindas, e saber mais sobre Garret.

Não consegui largar do início ao fim. Eu sou viciada na escrita do Nicholas Sparks, e até agora não encontrei nenhum livro que não gostasse. Pelo contrário, eu adoro todos. Posso brigar com todos os personagens. Por acaso, nesse livro, eu quis socar MUITO o Garret e com a Theresa. Nossa, sabe quando a gente quer entrar no livro e dar uns sacodes em algum personagem? Então, foi assim.

Algumas pessoas têm problemas com os finais drásticos ou os finais tristes. Não consigo encarar desse jeito. Acredito que a vida é assim, cheia de falhas, coisas dando errado. E no meio de tanta coisa ruim no mundo, Nicholas consegue sempre ensinar que o amor está acima de tudo, e que mesmo com todos os finais tristes, o amor ainda permanece.


Babo ovo mesmo por ele, e por todos seus livros! Beijos, hahahah

7 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.