O caso Laura de @AndreVianco– @EditoraRocco

 

Título: O caso Laura
Subtítulo: -
Edição: 01
Autor: André Vianco
ISBN: 978-85-325-2644-1
Editora: Rocco
Ano: 2011
Páginas: 270

Ler primeiro capítulo AQUI

 

 

Sinopse (contra capa):
- O alvo é uma mulher?
- Isso. É "a" mulher. A mais importante para mim.
O homem acendeu outro cigarro.
- Diga-me, como ela é?
- Trinta e dois anos. Só está um pouquinho maltratada, estressada. Apesar de todos os problemas, ela continua linda.
O homem fez uma pausa para outra tragada e mirou o investigador nos olhos, apontando-lhe com o cigarro.
- Quero que você descubra quem é esse cara e o que ele tanto quer com ela.
- Onde se encontram?
- Num parque, ficam numa pracinha, aqui perto, inclusive.
- Uma coisa.
- Sim.
- E o nome dela? Da mulher.
- Laura. O nome dela é Laura.

Resenha:
Marcel, um detetive particular, é contratado por um anônimo para descobrir sobre Miguel, um homem que se encontra com Laura todos os dias no horário do almoço.

Laura é uma mulher com problemas emocionais, a doença de seu pai e as perdas do passado a deixaram assim. Ela sente-se perdida a única hora em que esse sentimentos diminuem é quando está com Miguel um homem desconhecido que apareceu em sua vida do nada fazendo... companhia no banco da praça.

“O consolo e único remédio vinha sendo aquela nova e inesperada amizade com Miguel, que mais que um bom amigo era um bom ouvido. Miguel não a julgava nunca. Miguel não queria saber de seu passado, se ela tinha sido ou não culpada e nem sabia que ela um dia tentara acabar com a própria vida." pág. 10

Marcel não gosta das conclusões que tira ao investigar Miguel, ele é muito misterioso e sempre acaba "sumindo" dentro de um barraco na viela. Esse barraco é bem movimentado uma mulher com uma tatuagem nas costas, um bêbado piadista e um malandro também vivem ali.

Paralelamente, temos a história de Alan, um Policial que ainda vive atormentado pela morte prematura e inesperada de sua mulher. Suspeito de fazer justiça com as próprias mãos, Alan é acompanhado de perto por Gabriela, uma agente da corregedoria, para desvendar a morte da jovem Débora.

Desconfiado do que pode ter dentro do barraco Marcel arruma um jeito de entrar ali.... ele acha que encontraria todas as respostas, mas na verdade acaba adicionando mais mistério a sua investigação. O barraco não tem nada, nada mesmo nem uma cadeira nem janela... nada.

A essa altura das investigações Marcel já está completamente apaixonado por Laura e ajuda-lá a superar todas suas dores torna-se seu proposito de vida...

"O que de melhor havia na paixão, na opinião dele, era o fato de os apaixonados terem permissão para fazer qualquer coisa sem serem julgados. Afinal a paixão transformava as pessoas” pág. 237

Conforme a trama vai se desenvolvendo as histórias paralelas vão se unindo de um modo tão surpreende e emocionante....

O ser humano é uma criatura complexa. Muitas vezes confunde as necessidades de seu corpo com as reais necessidades de sua alma.” pág. 203

André Vianco me surpreendeu, saindo da temática vampiresca, contando o dia-a dia de pessoas que se veem presas a um passado de sofrimento e perdas… os capítulos são bem pequenos, alguns de uma página apenas, com uma escrita fácil em dois dias no máximo completa a leitura.
Mais do que recomendado.

Nathaliablog

4 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.