Minhas impressões: 5º Cavaleiro - James Patterson @editoraarqueiro


Eu disse na resenha de 4 de julho que eu adorei essa série 'Clube das Mulheres contra o crime'… é muito interessante a amizade destas quatro mulheres que tem profissões relacionadas ao 'crime' lutam contra o  crime: Lindsay Boxer (detetive de homicídios), Cindy Thomas (reporter policial), Claire Washburn (médica legista) e Yuki Castellano (advogada, que neste livro torna algo mais…)


Ando adorando livros policiais, e a Editora Arqueiro anda me 'mimando' os melhores policiais dos últimos tempos... Harlan Coben... James Patterson... 
Sinopse




Minhas impressões

Neste 5º livro da série 'Clube das Mulheres contra o crime' que eu já tinha lido os primeiros capítulos no final de '4 de Julho', temos um criminoso solto no Hospital Municipal de São Francisco... estão ocorrendo mortes suspeitas no hospital... pessoas que já saíram da zona de risco... morrem à noite... e todos os familiares estão assustados... inclusive Yuki Castellano, a mais recente integrante do 'Clube', a advogada que tem sua mãe, Keiko, internada no hospital, após um AVC... enquanto isso se inicia um processo contra o Hospital... uma advogada competente, está representando 20 parentes de pacientes mortos. 

Paralelamente aos fatos (mortes) ocorridos no Hospital Municipal e no Julgamento contra o Hospital estão ocorrendo assassinatos de moças jovens que são deixadas em carros de luxo, luxuosamente vestidas... a Detetive Boxer, como chefe do Departamento de Homicídios não descansa enquanto não encontra o(s) assassino(s)... ela e seu ex-parceiro Jacobi e Conklin, o novo parceiro de Jacobi, fazem um excelente trabalho e conseguem desvendar esta trama paralela...

Senti falta de maior presença de Joe, o namorado bonitão, de Lindsay, que neste livro apareceu muito menos... e eles se encontraram muito pouco por causa dos seus trabalhos... que os afasta... será que isso se resolve nos próximos livros?

O desenrolar dos fatos no Hospital Municipal e no julgamento são surpreendentes... e toda a trama é muito envolvente... e é muito difícil soltar o livro... e depois do 'gran finale'... já começa a tentação... quando podemos ler o início do próximo livro... '6º Alvo'...

O livro mescla narração com o ponto de vista de Lindsay... o que é muito interessante, pois acompanhamos os 'crimes' sem saber quem são os assassinos e também os acontecimentos em volta das integrantes do Clube e também acompanhamos os sentimentos e fatos através da detetive Boxer... muito emocionante as aventuras... e devo concordar... 'As páginas viram sozinhas'...

Mais uma vez... gostaria que a Arqueiro lançasse os três livros anteriores (1st to Die, 2nd Chance e 2rd Degree, respectivamente, em tradução literal, '1º a Morrer', 2ª Chance e 3º Grau)... quem sabe antes de 6º Alvo?


Citações

Neste livro... não posso postar muitas citações para não atrapalhar o suspense...

"- Mas ela vai ficar boa, não vai? - insistiu Yuki.- Srta. Castellano - respondeu o médico -, tente se acalmar. Assim que tiver mais notícias, eu a procuro.A porta da emergência se fechou atrás do médico antipático e Yuki deixou o corpo cair sobre a cadeira, dobrou o tronco e escondeu o rosto entre as mãos, chorando. Eu jamais tinha visto minha amiga chorar e era angustiante não poder fazer nada para aliviar sua dor." pag 13

"Apesar da noite maldormida, eu começava a sentir uma leve descarga de adrenalina no sangue, imaginando a cena do crime, cogitando por que diabos uma mulher tão jovem havia sido estrangulada naquele lugar." pag 17

"Minha cabeça estava a mil com a quantidade de perguntas ainda sem resposta. Quem seria aquela jovem? Como ela e os assassinos se conheceram? Quem eram os dois criminosos?O assassinato seria um acerto de contas?Ou a jovem foi vítima do acaso e das circunstâncias?Nessa última hipótese, valia a pena procurar um assassino que fizesse de seus crimes um ritual, que seguisse sempre o mesmo padrão.Alguém que com certeza voltaria a agir." pag 24

"- Minha saudade era maior ainda.- Impossível. - Peguei a mão dele e a coloquei sobre meu coração. - Está sentindo isso?- Você sabe que eu te amo, não sabe?- Também te amo muito, Joe." pag 69

"Ao percorrer aqueles corredores infinitos, talvez eu pudesse notar algo que explicasse a bizarrice daquelas mortes e que finalmente provasse a teoria de um crime serial.Por outro lado, não cabia a mim investigar o hospital. Eu era uma tenente da polícia, não uma detetive particular em missão secreta. Se Tracchio descobrisse que eu estava ali, as consequências seriam desastrosas." pag 116

"Estava desapontada, decepcionada, mas, pior que isso, sentia que estava andando em círculos. Havia sentido aquilo antes, mas nunca com tamanha intensidade." pag 158

"Àquela altura o pianista começou a tocar e dali a alguns minutos nós quatro cantávamos em coro. Relaxando o corpo no sofá e ainda sob o efeito de tantos sentimentos bons, perdi as rédeas da minha mente..." pag 210


1 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.