Minhas impressões: Luxúria - Eve Berlin @luadepapel_BRA

Eu acho interessante o que o sucesso de '50 tons' fez com o mercado Editorial brasileiro... antigamente todo mundo 'torcia o nariz'... 'revirava os olhos' para os livros ditos de 'mulherzinhas'... romances de banca e livros românticos. Preconceito, principalmente de um país essencialmente machista. Até hoje, em muitos lugares não se pode falar sobre livros com alguma carga sensual, lido por mulheres... homens andam com suas revistas desde sempre, e são incentivados a tê-las, colecioná-las e outras coisitas mais. Mas as mulheres devem se manter sem conhecer muito erotismo. E um dos méritos de '50 tons', não da autora, pelo menos aqui no Brasil, é a quantidade de mulheres que estão 'saindo do armário' lendo abertamente e comentando sobre os livros eróticos.

LIVRO PARA MAIORES DE 18 ANOS

E todas as Editoras do Brasil está lançando ao menos um livro dito erótico. Luxúria é o livro com tal intuito da Lua de Papel, uma editora do Grupo Leya.



Sinopse


Minhas impressões

Sinceramente, não sei como falar de 'Luxúria'. Não sei por onde começar. Eu lia livros de banca na adolescência, leio livros Harlequin até hoje, já li alguns livros mais 'quentes'... mas nunca li nenhum livro com que mostrasse tão abertamente a prática BDSM (Bondage (escravidão, imobilização) & Disciplina, Dominação & Submissão, Sadismo & Masoquismo) e isso me surpreendeu, não gostei das partes de chicotes, tapas e outras coisas (Sadomasoquismo), prefiro não ver a coisa tão escancarada.

"- (...) A definição parece abranger uma ampla gama de comportamentos sexuais e sensuais. Desejos. Fetiches. Cada um parece ter uma definição pessoal, diferente a respeito do assunto, ou seja, é algo bem individual. E nem todos praticam tudo. Algumas pessoas talvez se limitem aos aspectos mais leves, como tapas ou simples submissão." pag 44/45

Dylan Ivory é uma autora de livros eróticos, que já faz algum sucesso, é sozinha na vida, tem apenas uma melhor amiga, Mischa, e agora resolveu pesquisar sobre BDSM para escrever seu próximo livro. E é assim que vai a uma entrevista com Alec Walker, um Dominador, em todos os sentidos, também escritor. Alec convence Dylan a descobrir na prática o que é o mundo BDSM, e ele acredita que ela é uma submissa, apesar de toda a força que ela demonstra, e apesar de ela acreditar ser dominadora... ela acaba cedendo e começa um jogo de sedução e dominação.

"Perigoso.
Sim. Era perigoso depender de qualquer pessoa para tomar conta dela. Ela sempre fora a que cuida. Isso não tinha de mudar agora.
Mas era adoravelmente simples ser abraçada por ele. Ouvir sua respiração entrecortada perto dos ouvidos. Sentir a tensa massa muscular do grande corpo dele." pag 158

O que Dylan e nem Alec sabiam ou desconfiavam é que a atração entre eles iria ser tão forte e que tudo iria mudar... eles que eram seres solitários e que acreditavam não terem necessidades emocionais, acabam se envolvendo de uma forma arrebatadora e vão descobrindo que tudo na vida é muito mais que emoções dolorosas...

"E ela soube, pela primeira vez, que aquilo é que era importante. Era o que vinha procurando. Ambos viviam suas vidas no limite, de diferentes formas. Ambos fugiram muito. Mas de alguma forma terminaram juntos, haviam se estatelado um contra o outro, cheios de medo e fúria. E, não obstante, acabaram se amando." pag 251

O nome original do livro é 'Pleasure's Edge' - em tradução literal: 'No limite do prazer' é bem condizente com o livro... apesar da 'Luxúria' estar super presente, os prazeres pelos quais o casal protagonista passam estão os colocando nos limites... do prazer, da tortura, da loucura.
Os próximos livros da série serão sobre os melhores amigos de Alec (Dante) e de Dylan (Mischa).


A Edição da Lua de Papel é linda, uma capa escura com um brilho metálico no espartilho. E uma boa tradução e edição.

Um bom livro, forte, intenso, HOT, picante e 'didático' para quem quer saber o que é o BDSM. Mas apesar de o livro ser bom... eu prefiro mais os outros tipos de livros que li... Série CrossFire, Série Bella Andre, amor, muito amor e um 'dominação' de leve, sem masoquismo (ok, podem me chamar de preconceituosa).

Para quem chegou até o final da resenha... e for a primeira pessoa a comentar na resenha e me mandar por email (fotoselivros@gmail.com) o endereço e confirmação de ter mais de 18 anos (cópia de um documento de identidade), vou enviar o livro (que eu li, está novinho) de presente de Natal. Corram...



3 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.