Minhas impressões (MI-53/13): As regras da Sedução - @MadelineHunter @editoraarqueiro #RomEpocaArqueiro

Este é mais um dos lançamentos dentre os Romances de Época que a Editora Arqueiro nos trouxe... demorei um pouco para ler, devido às tantas leituras e atrasos decorrentes da vida...

As Regras da Sedução é o primeiro livro da Série 'Os Rothwells' de Madeline Hunter, são quatro livros, falando sobre os três irmãos Rothwell, Christian (Marquês de Easterbrook), Hayden e Elliot e um dos livros é sobre Roselyn Longworth, a prima de Alexia (a mocinha deste primeiro livro).

  1. RULES OF SEDUCTION - As regras da sedução (Hayden e Alexia)
  2. LESSONS OF DESIRE - As lições do desejo (Elliot e Phaedra)
  3. SECRETS OF SURRENDER ( a história de Roselyn Longworth)
  4. THE SINS OF LORD EASTERBROOK (a história de Christian)


Sinopse



Minhas impressões

Hayden Rothwell é o irmão do meio, é super responsável, tem muita facilidade para os números, e é quem toma conta do dinheiro da família, inclusive da tia. E por causa disso tem uma grande influencia sobre Darfield, o sócio de Timothy Longworth em um banco Londrino, o qual Timothy estava roubando, e Hayden descobre. Timothy é irmão de Benjamin Longworth um dos amigos de Hayden, a quem ele deve a vida, durante a guerra na Grécia, em que Benjamin morreu, deixando os bens, as irmãs, Roselyn e Irene, e a prima Alexia, aos cuidados de Timothy.

"- Passei os últimos dois dias com Darfield, enquanto você se escondia em sua cama, bebendo - disse ele. - O banco pode sobreviver à crise atual, se você seguir minhas instruções.
- Eu disse a Darfield que sobreviveria. Ele é covarde como uma velhota e teme que as reservas estejam muito baixas, mas eu lhe garanti nossa solidez.
- Só sobreviverá porque tomei ontem a decisão de manter os depósitos da família com você. Isso bastou para deter uma corrida ao banco que começou esta manhã.
(...)
Hayden não gostava da ideia de estar metido com Timothy Longworth.Tinha sido para ajudar um bom amigo que ele havia assegurado o crescimento do banco com títulos e dinheiro da família. Não se sentia obrigado a salvar o irmão mais novo dele." pag 16

Hayden tem que tirar os bens de Timothy para que ele não seja enforcado, ele o ajuda, mas o 'pirralho' não é capaz se ser honesto com a família e deixa as irmãs e a prima pensarem que Hayden foi um sem alma, sem coração, que simplesmente e sem nenhum motivo os levou à falência.

"- Pagar a todos? Vou ficar falido. Totalmente falido!
- Mas vai escapar vivo.
Longworth agarrou o peitoril da janela para controlar a tontura. Olhou para fora de novo e seus olhos se umedeceram.
- O que vou dizer a elas? E Alexia... Se ficarmos reduzidos à renda dos aluguéis rurais, se eu tiver que pagar as dívidas tirando recursos deles também, não poderei mais sustentá-la.
Diante de mais um pensamento terrível, seu rosto desabou. Hayden imaginou o motivo:
- Você roubou os míseros recursos dela também? Não verifiquei as contas menores." pag 19

Longworth é primo de Alexia Welbourne, a nossa heroína, uma moça inteligente, madura e que junto da prima Roselyn fazem o equilíbrio da família Longworth, mas com as ações do primo Tim, eles perdem tudo e devem voltar para Oxfordshire e Alexia é tão sensata que antes mesmo que o primo tenha que dizer que não poderá sustentá-la ela já começa a traçar planos para o futuro.

"- Quais oportunidades está vislumbrando?
Ela o conduziu aos outros cômodos no andar.
- Minha primeira opção é ser preceptora na cidade. A segunda é ser preceptora em outro lugar.
- Muito sensato.
- A sensatez é algo bastante conveniente diante da ameaça da fome, concorda?
(...)
- A outra opção é me tornar chapeleira.
- Uma fabricante de chapéus?" pag 27

Os encontros entre Hayden e Alexia são sempre muito repletos de conversas, já que ambos são bastante inteligentes e ela não se sente ameaçada pelo poder de Hayden, ela fala abertamente o que pensa, e isso o deixa muito interessado nela. E com isso a ajuda a encontrar um lugar para ficar após o retorno dos primos a Oxfordshire... ela acaba continuando na casa que pertencera ao primo, agora propriedade da tia de Hayden, a tia Henrietta e a prima Caroline. Alexia ajuda as duas a se adaptarem à sociedade Londrina, antes da apresentação de Caroline.

"A Srta. Welbourne falava com a mesma franqueza que marcara as conversas dos dois desde o início. Ocorreu-lhe que seria tratado da mesma forma se não tivesse arruinado Longworth.
Ele gostava disso. Algo nele fazia com que a maioria das mulheres assumissem uma atitude irritantemente fútil. A falta de medo e de nervosismo por parte dela era revigorante. Criava pequenos e encantadores desafios." pag 39

Acontece que ao continuar morando na antiga casa ela acaba convivendo muito com Hayden, que é meio patrão dela, e a atração entre eles começa a ficar irresistível. Eles começam conversando francamente sobre diversos assuntos, inclusive sobre o amor de Alexia pelo primo morto na guerra, Benjamim. E também sobre suas famílias e problemas de cada um. E obviamente a química é tão forte que eles acabam não resistindo.

" Ela abriu os olhos para encará-lo. Não deu atenção à advertência que seu coração sussurrava e não fez nada para ajudar Hayden a vencer a batalha interior que o via travar. Ela torcia para que ele perdesse. Queria que lorde Rothwell a beijasse e a enchesse de vida até que tremesse.
E ele a beijou. Com cuidado de início e depois um pouco menos. Um fervor a tomou em forma de beijos desejosos de liberdade." pag 108

Por causa do que acontece entre eles, eles se casam, com o que eles acham ser apenas uma atitude sensata e correta, apesar de Alexia sofrer por causa das primas que não sabem a verdade, nem ela por enquanto, sobre as negociações entre Hayden e Timothy.

"- Quando eu era garoto, às vezes pegava uma estrada desconhecida, sem saber aonde iria me levar. A sensação de aventura era semelhante à que estou vivenciando hoje.
Ele começou a guiá-la até o padre.
- Acho que seremos bons companheiros nesta jornada, Alexia. Prometo que estará a salvo comigo." pag 146

E o casamento dos dois é feliz, porque há amizade, carinho, compreensão e confiança. Eles juntos vão descobrir coisas sobre o passado dos Longworth e juntos vão descobrir que se amam verdadeiramente.

"-Estou aliviado por você me amar, seja a jovem ou a mulher - disse ele. -É bom saber que não terei que bancar o tolo romântico sozinho.
Ela ficou na ponta dos pés e o beijou.
-Sozinho nunca, meu querido. Vamos bancar os tolos românticos juntos. Para sempre." pag 264


Alexia tem uma melhor amiga, Phaedra Blair, que tem atitudes e pensamentos modernos para Londres da época e que será a heroína do próximo livro, ela será o par amoroso do caçula dos Rothwells, Elliot.

"Phaedra era uma das poucas pessoas que Alexia podia contar como amiga, além de sua prima Roselyn. Mas não mantinham uma amizade expressamente pública, (...) Phaedra era a amiga que Alexia normalmente procurava quando queria falar em particular sobre livros e ideias.
Filha ilegítima de um membro do Parlamento reformista e de uma intelectual, Phaedra morava sozinha em uma pequena casa em uma rua pobre perto de Aldgate. Herdara dos pais a capacidade de dispensar regras e crenças que lhe parecessem estúpidas." pag 83



Eu realmente amo um romance histórico ou de época como a Arqueiro nomeia seus lançamentos... Adorei conhecer as três autoras: Julia Quinn, Lisa Kleypas e Madeline Hunter e vou ler TODOS os livros de todas as três séries e espero ansiosamente que a própria Arqueiro e outras Editoras nos traga mais e mais romances do gênero. Acho que eles são melhores que os ditos eróticos (nova moda entre as editoras).



0 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.